quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Caviar de tapioca

Pra mim, um dos desafios da cozinha é obter resultados fantásticos com ingredientes de baixo custo. Por isso, não resisti quando ouvi falar em caviar... de tapioca! Claude Troigros faz e serve em seu restaurante. No livro "Receitas Preferidas do Chef", ele conta uma história engraçada: depois de ensinar a receita a seu pai, Pierre Troigros, este convidou alguns amigos, lá na França, para experimentarem o "novo caviar enviado especialmente pelo xá do Irã"... e não é que os caras acreditaram?

A receita de caviar de tapioca (sagu) do Claude é boa, mas a melhor que conheço é do Anonymus Gourmet, que é mais completa. Eu pouco tinha ouvido falar nesse Anonymus aqui no Rio, a não ser por um ou outro livro (tipo edição de bolso, baratinhos, editados pela L&PM e com receitas sempre ótimas) que às vezes via em bancas de jornais ou livrarias. Mas em dezembro último, quando estive no Sul, descobri que por lá ele não tem nada de anônimo, pelo contrário: é uma celebridade, com direito a programa de TV e tudo (na TV Rural, se não me engano). Todos conhecem o Anonymus, que a propósito é gaúcho, se chama José Antonio Pinheiro Machado, é muito simpático e tem uma história de vida bem interessante.

1 xícara de bolinhas de sagu
4 xícaras de água
1 xícara de shoyu
½ copo de vinho tinto
1 tablete de caldo de peixe ou envelope de Hondashi
Misture o sagu com 2 xícaras de água e deixe descansar 5 minutos.
Leve o sagu ao fogo com mais uma xícara de água, mexendo até abrir fervura. Deixe ferver 3 minutos.
Escorra as bolinhas numa peneira, lavando-as em água corrente para tirar a goma.
Arrume as bolinhas num refratário com a 4ª. xícara de água. Leve à geladeira de um dia para o outro.
No dia seguinte, leve as bolinhas novamente ao fogo com o shoyu, o vinho e o caldo de peixe. Deixe ferver.
Volte as bolinhas para a geladeira e deixe algumas horas. Sirva como guarnição de peixes ou sobre torradinhas, como se fosse caviar de verdade.

2 comentários:

carlinhos de lima disse...

Agora, é só ir em frente...

Fernando disse...

Agora gostei !
Valeu. Abs