segunda-feira, 24 de março de 2008

Sabores da Índia

"A mesa é o melhor reflexo de uma nação, e o caminho mais rápido para a cultura de um povo." (Anthony Bourdain)

Dizem que, quando um país tem uma culinária com identidade própria, ela é equilibrada, coerente e harmoniosa... o que não acontece, por exemplo, com os EUA, que, sendo o caldeirão cultural que são, tomaram emprestado um pouco de cada povo, resultando daí hábitos alimentares meio caóticos.

País de contrastes, que exporta PhDs em Tecnologia da Informação e onde pessoas circulam de sáris e turbantes pelas ruas, a Índia se moderniza sem perder as tradições. Cercado por rituais e símbolos (um deles a suástica, trazida pelos arianos que invadiram o país séculos atrás - sem qualquer relação com o nazismo, a suástica dos indianos traduz sorte e prosperidade), o indiano busca, através das manifestações artísticas e das atividades do dia-a-dia, se conectar com o divino.

É nesse clima que o livro da Vanda Figueiredo editado por Tomaz Lima, o Homem de Bem, traz as principais receitas da rica e deliciosa culinária indiana, uma das mais populares do mundo: o arroz basmarti, de grão longo, preparado sem sal (para neutralizar a comida picante); o dhal (feijão em forma de sopa - existe uma variedade de feijões, principal fonte de proteína da refeição vegetariana); o pão chapati, sem fermento; o chutney; o iogurte ou dahi (elemento “refrescante” para atenuar a pimenta); o garam massala (mistura de condimentos); o panir (queijo fresco caseiro); o ghee (manteiga clarificada); os doces (à base de leite); kulfi (sorvete)... ah, a autora também indica onde encontrar os ingredientes.




Chai (chá) – 1 pessoa
Ferver 1 xícara de água e 2 vagens de cardamomo socadas inteiras. Acrescente 2 colheres (chá) de chá preto ou 2 saquinhos, 2 colheres (sopa) leite e 1 ½ colher (sopa) de açúcar. Espere ferver, apague o fogo e coe.

Lassi (refresco de iogurte) – 1 pessoa
Bater no liquidificador 1 pote de iogurte natural, ½ xícara de leite, 1 vagem de cardamomo em pó, 1 ½ colher (sopa) de açúcar, ou a gosto, 4 cubos de gelo, 2 gotas de essência de rosas, ou 1 colher (chá) de água de rosas





Quem viu “Viagem a Darjeeling", deve lembrar da cena em que Adrien Brody diz: “este país cheira a especiarias!" Dá vontade de sair do cinema e pegar o primeiro vôo pra lá...

Um comentário:

Elba disse...

Nossa! Que orgulho tenho de ser sua amiga blogueira. Isso aqui está cada vez mais interessante e bonito. E chic!
Eu não assisti esse filme...:(
Mas tenho um livro que "cheira" especiarias, apesar de eu não ter gostado muito...Se quiser, está aqui para você, ok?
Beijo!! :)