domingo, 3 de maio de 2009

I Concurso Cultural


Este livro pode ser seu. Em edição de luxo, com capa dura e mais de 600 páginas com fotos coloridas, ele traz dicas e receitas de comida saudável e é assinado por uma das maiores escolas de culinária do mundo: o CIA. Para participar, é preciso responder à pergunta: "você tem fome de quê?"

As respostas devem ser enviadas por e-mail ou comentário até o dia 31 de maio. Em seguida, divulgaremos as frases para votação. A promoção é válida em todo o território nacional. Boa sorte!

12 comentários:

Mônica Battello disse...

Eu tenho fome dos molhos que eu faço... do guisso e do guisadinho da minha avó paterna. Mas o que eu sinto mais fome é quando eu viajo e fico longe das minhas próprias panelas... e amo a minha comida. Aquela inventada, que eu reinvento todos os dias.
Meus sabores apenmentados ou leves como pluma... eu tenho fome da minha criação!

Anônimo disse...

OPrah vive fazendo essa pergunta: Fome de que: Eu tenho fome de saber! MAs isso nao ganha o livro ne! DMOT

Magia na Cozinha disse...

Gostei dos comentários anteriores!
Eu tenho fome de tudo, mas em relação à comida sou das coisas mais simples possíveis. Viveria só de pão, frios, frutas, queijos e chocolate!
Amei o concurso! Eu não me importaria de ganhar este lindo livro.
Bjs :)

Nádia Lamas disse...

Beijos, meninas, e um feliz Dia das Mães a todas!

thiago baldez disse...

tenho fome do meu tempo de criança, ser bajulado pela avó com todas aquelas delicias que ela fazia para mim.

Anônimo disse...

N ádia amiga, sou seu leitor, anônimo e silencioso
A mo livros, adoro a boa mesa e gosto de acrósticos
D epois de ler sobre seu Concurso Cultural
I niciei logo a redigir minha participação
A qui vão 5 frases em 5 idiomas... servirão?


F amélico estou... desejo que me dá pavor
O utrora meu coração foi tomado pela dor
M as novamente... me consome o interior
E ssa ânsia voraz... essa fome de amor!

F ame della tua bocca, tua voce
A ffamato del tuo riso, tua pelle
M angiare la tua bellezza palida
E proprio questa... la mia fame!

H unger for soul's nourishment
U ndefined, insatiable feeling
N eedless is to say, how
G ood and rejoiceful is the
E motion when someone find a
R eal food for the feelings

H ombre con hambre incontenible
A lgo que sacie este deseo
M ujer con hambre insaciable
B uscan lo mismo placer
R eto que os traga el interior
E s hombre y hembra con hambre

F aim de joies, faim d'un peu de bonheur
A h... mon Dieu, espérer jusqu'à quand?
I nfini est mon désir et espérance, mais je
M eurs de jours en jours de faim... d'amour!

Nicolai

nibugo(arroba)gmail

Nádia Lamas disse...

Oi, Anônimo, ou Nibugo, como preferir ser chamado... vc corre o risco de, se ganhar, ter que sair do anonimato...

Anônimo disse...

N ão sou tão anônimo assim...
A liás, dá-se hoje a coincidência
D e há exatamente um ano atrás
I sso ocorreu em 21 de maio
A minha caixa chegar um email seu!

Nicolai

Leo. disse...

Meu email era uma resposta a algum comentário seu aqui no blog? Então você também não é tão silencioso assim...

Nádia Lamas disse...

Oi, Nicolai, o comentário aí de cima é meu... apesar de irreconhecível com essa cara de Coringa. É que meu filho andou usando meu computador...

Anônimo disse...

N ão encontrei em seu blog
A notícia do ganhador
D o belíssimo livro.
I sso será que sai
A inda esta semana?

Nicolai

Nádia Lamas disse...

Nicolai, estou submetendo as respostas à votação dos leitores. Teremos o vencedor no final da semana que vem, OK?