segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Canelés

Depois de tanta dificuldade pra conseguir as formas, eu estava ansiosa pra fazer os canelés. Naquela loja que mais parecia um mafuá, comprei moldes de três tipos: de cobre (bem mais caros), antiaderentes e de alumínio.


A massa dos canelés fica pelo menos uma noite na geladeira, e na hora de assar as formas são untadas com cera de abelha. A tal loja também vendia a cera em tablete, mas achei que não valia a pena trazer mais um peso se aqui no Brasil eu poderia encontrar a cera com relativa facilidade. Estava certa: uma visita ao quiosque que vende mel na Cobal e encomendei a tal cera, que aqui vem em forma de lâmina fina:




1 xícara de leite
1 colher (sopa) manteiga sem sal
1 fava de baunilha
1 ovo
1 gema
1/4 xícara + 1 colher (sopa) de farinha de trigo
1/4 xícara de açúcar
1 pitada de sal
raspas da casca de meia laranja
1/2 colher (chá) de rum
Parta a baunilha ao meio, raspe a parte interna e misture a 1/2 xícara de leite numa panelinha. Acrescente as duas metades da fava da baunilha cortada e a manteiga e leve ao fogo baixo até ferver. Tire do fogo e deixe esfriar.
Enquanto isso, misture a outra 1/2 xícara de leite, o ovo e a gema. Acrescente a farinha, o açúcar e o sal. Misture ao leite com baunilha, descartando a fava de baunilha. Junte as raspas de laranja. Leve à geladeira por pelo menos uma noite.
Asse nos moldes untados com a cera de abelha.

Materiais diferentes = resultados bem diferentes: o mais fácil de manusear e que teve melhor resultado foi o antiaderente. O molde de cobre não fez jus à expectativa que eu tinha dele, ficando em segundo lugar. E as formas de alumínio deram origem àqueles canelés feiosinhos lá de trás, um desastre... mais pareciam pudim de leite e não lembravam em nada os canelés da padaria em São Francisco. A maior dificuldade foi manusear a cera de abelha, que acabou não untando as formas tão bem como deveria. Vou repetir a experiência - já imaginava que fosse difícil acertar de primeira. Pelo menos o sabor ficou bom!

4 comentários:

Eduardo disse...

Não dá pra derreter a cera e pincelar nas formas?

Boa sorte nas tentativas!

Beijo!

Nádia Lamas disse...

Foi o que tentei fazer... derreti no microondas. A cera grudou no recipiente de louça e foi um custo pra sair, fez uma certa sujeira, e untar que é bom... :) nas próximas tentativas vou usar também manteiga pra untar, pra ver se fica tão diferente assim... bjs

Telegram disse...

mmmmmmm!
hei de experimentar a receita!

obrigado

(http://c-o-i-s-a-s.blogspot.com)

Nádia Lamas disse...

conta pra gente como ficou! bjs