quinta-feira, 5 de novembro de 2009

De Chinatown andamos até o Fisherman´s Wharf, no litoral...




de onde dá pra ver o oceano Pacífico e a ilha de Alcatraz.


O almoço foi no The Franciscan, que, apesar de turístico (tem até binóculos pra se apreciar a paisagem), serve boa comida a preços razoáveis







drinque à base de abacaxi



talharim com camarão em molho levemente apimentado


smoothie de frutas vermelhas


Antes de sair do Brasil eu já sonhava com esse sundae de chocolate Vahlrona


famosos que passaram pelo restaurante







A poucos metros fica o Pier 39, com seus ruidosos leões-marinhos...




... e suas gaivotas.


No Pier 39 também há lojinhas lindas, algumas nada convencionais: uma que só vende produtos pra canhotos, uma que só vende meias, outra que abre ostras na sua frente e tira as pérolas...





O escritor foi injusto ao afirmar que o pior inverno de sua vida foi um verão em São Francisco: a cidade tem temperaturas agradáveis o ano todo.













Na volta do Pier, novo passeio para apreciar as fachadas




muita arte em grafite


Lombard Street, famosa por suas curvas e seus canteiros floridos


Nunca vi romãs tão grandes!


À noite íamos a um cybercafé que tinha lareira a gás...


No dia seguinte tomamos café na padaria de um francês que decidiu viver em São Francisco e abriu a melhor rede de padarias da cidade. Os canelés de Bordeaux são fantásticos!


Fica na Market St., daí o nome





Mais um da série Hidrantes pelo mundo: brancos em São Francisco


banca de jornais


O mobiliário urbano lembra Paris


Fundado em 1852 para guardar as riquezas da Corrida do Ouro, o Wells Fargo é o banco mais antigo de São Francisco











Prefeitura de São Francisco. Aqui, Harvey Milk foi assassinado



À medida que nos afastamos do centro, encontramos bairros alternativos...


... embora ainda não seja o bairro "gay".



Este supermercado tem 34 lojas em SF...


... e só vende produtos para pets.








Chegamos ao bairro Mission, onde em 1776 o missionário espanhol Francisco Palóu fundou a Missão São Francisco de Assis, mais tarde Missão Dolores. A região já pertenceu aos espanhóis e, depois da independência, aos mexicanos.







3 comentários:

Katita disse...

Gosto muito das referências históricas que faz e seu blog.
Beijocas

Anônimo disse...

Puxa vida estou viajando tanto nessa sua São Francisco! Tudo maravilhoso! Bjs! Saudades! DMOT

Nádia Lamas disse...

Katia, apesar de não ser historiadora como você, gosto de história e de ler a respeito dos lugares quando viajo...

Denise, São Francisco é sempre uma ótima viagem!

beijos às duas