terça-feira, 19 de agosto de 2008

Alimentos exóticos

Os chineses encontram você e logo perguntam: "Já comeu hoje?". A preocupação faz sentido: no passado, aquele povo sofreu com a escassez de alimentos, daí os hábitos alimentares exóticos.

Mas comer insetos não é privilégio dos chineses. A própria FAO, órgão da ONU que cuida de agricultura e alimentação, incentiva: ricos em nutrientes, os insetos ajudariam a acabar com a fome e a melhorar o meio ambiente – solução ideal diante de uma crise de alimentos.

Mais de 100 países comem cerca de 1700 espécies de insetos: grilos e lagartas em Taiwan, larvas e borboletas no México, formigas na Austrália.

Tem até livro sobre o assunto, que você folheia aqui: http://books.google.com.br/books?id=sI0Zax6ljq8C&dq=the+eat+a+bug+cookbook&pg=PP1&ots=s5NvBnw0eI&sig=ZuaLYBPpGDClblHMGbLBdO5w4ug&hl=pt-BR&sa=X&oi=book_result&resnum=1&ct=result#PPR12,M1

Um comentário:

Magia na Cozinha disse...

Para nós que não estamos acostumados soa bastante estranho, não é mesmo?
Eu acho que só seria capaz de comer se realmente estivesse morrendo de fome. Não gosto nem de pensar!
Bjs :)